Comprados pela intervenção, dez drones que serão usados pelas polícias do Rio já chegaram ao Brasil

Os dez drones comprados pelos militares das forças de intervenção na segurança do estado já chegaram ao Brasil e estão processo de liberação na Alfândega. Os equipamentos serão usados pela Polícia Militar e Civil do Rio.

Os equipamentos são de fabricação chinesa e usam câmera termais produzidas nos Estados Unidos. O CEO da empresa, Bembras Kleber Coelho, explicou que a entrega dos produtos ainda depende de uma autorização da Export Fonte, dos Estados Unidos, que controla vendas ao exterior de câmeras termais para forças de segurança. A previsão é que a autorização saia de quatro a oito semanas.

As câmeras funcionam na frequência de 30Hz, que permitem uma imagem mais homogênea no caso de o drone se movimentar.

Um modelo de drone com câmara tem custo inicial de mais de R$ 100 mil. Eles têm capacidade para gerar imagens a 800 metros de distância e até uma distância de 160 metros o ruído e imperceptível. Os equipamentos não são blindados, já que ainda não existem esses modelos no mercado para a venda.

Fonte: Extra